top of page

Polícia apreende produtos falsificados na região central de Sorocaba

Já foram feitas nove operações neste ano



Policiais civis da Divisão Especializada de Investigações Criminais, a Deic, apreenderam produtos com indícios de falsificação em uma loja na região central de Sorocaba.


A operação policial foi feita em uma loja no Boulevard Dr. Braguinha. Os policiais civis estavam acompanhados de advogados que representam as marcas que estão sendo vendidas como produtos originais na loja.


Foram apreendidos quase mil produtos, sem nota fiscal, entre bonés, camisetas, pares de tênis e óculos de sol. Os produtos foram colocados em 50 sacos e transportados até a sede da Deic.


Toda essa investigação começou após denúncias. Os representantes das sete marcas calculam um prejuízo de 320 mil reais, se fossem vendidos pelo valor original. Um dos pares de tênis apreendidos, por exemplo, seria vendido a R$ 600, pelo preço original, mas na loja estava sendo vendido a R$ 200.


Somente neste ano, os policiais já fizeram nove operações na região central de Sorocaba e foram visitadas 30 lojas.


Os proprietários da loja serão ouvidos pelo delegado da Deic para saber sobre a procedência dos produtos. A investigação também envolve pontos sobre quem produz essas peças, inclusive se há condições análogas de escravidão envolvidas.



 

Police seize counterfeit products in central region of Sorocaba

Nine operations have already been carried out this Year Civil Police officers from the Specialized Division of Criminal Investigations, Deic, have seized products with signs of counterfeiting in a store in the central region of Sorocaba. The police operation was carried out in a store on Boulevard Dr. Braguinha. The Civil Police were accompanied by lawyers representing the brands that are being sold as original products in the store. Almost a thousand products were seized, without invoice, including caps, t-shirts, tennis pairs, and sunglasses. The products were placed in 50 bags and transported to Deic's headquarters. This whole investigation began after denunciations. The representatives of the seven brands calculate a loss of 320 thousand reais if they were sold at the original value. One of the seized pairs of sneakers, for example, could be sold for R$600, at its original price, but in the store, it was being sold for R$200. Only this year, the Police have already conducted nine operations in the central region of Sorocaba and 30 stores were visited. The owners of the store will be heard by the Deic Chief of Police to find out about the origin of the products. The investigation also involves points about who produces these pieces, including whether there are analogous conditions of slavery involved in this production.



0 comentário

Kommentare


bottom of page