top of page

Analistas-Tributários atuam na apreensão de mais de R$ 170 mil em medicamentos



Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuaram na apreensão de mais de R$ 170 mil em medicamentos. A carga era formada, principalmente por testosterona e anabolizantes, e totalizou 1.639 itens, conforme a Receita Federal e foi localizada em um ônibus que cruzou a fronteira do Brasil com o Paraguai em março.


Ao realizar a deslacração e a fiscalização do ônibus, os servidores da RFB encontraram a carga com a mercadoria que ingressou de forma ilegal no país. Os produtos foram detectados no fundo falso de um coletivo procedente de Ponta Grossa, que entrou em Foz do Iguaçu vindo de Ciudad del Este, Paraguai, em 30 de março, e foi retido na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu.


Medicamentos proibidos como os encontrados podem causar danos sérios à saúde das pessoas e, por isso, sua comercialização e importação são regulamentadas e ou proibidas. O proprietário ou o motorista do ônibus poderá ser indiciado em inquérito policial por transporte ilegal dos medicamentos. Se houver condenação, a pena de reclusão irá de 10 a 15 anos, conforme o Código Penal. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Receita Federal do Brasil)


Atuação dos Analistas-Tributários


Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana formam a linha de frente na rotina de combate ao contrabando, descaminho, evasão de divisas, tráfico internacional de drogas e armas e outros crimes transfronteiriços nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.


0 comentário

Comentarios


bottom of page